Será que vou ter leite?

Hoje temos uma novidade muito legal por aqui: teremos aqui periodicamente uma especialista em aleitamento materno, nos ajudando com este assunto tão importante na vida do baby e da mamãe. Ela é a Jana, grande amiga minha e enfermeira especialista em aleitamento materno, há alguns anos realiza consultoria para mamães e bebês no pós-parto imediato, e um grande auxílio na rotina e cuidados com o bebê. E o assunto de hoje não poderia ser melhor, que é a introdução ao aleitamento materno… Vamos à leitura?

O aleitamento materno tem influências, hormonais, emocionais e culturais. Por este motivo, nos geram muitas dúvidas e inseguranças se teremos leite ou não para alimentar o baby, mas toda mãe  é capaz de produzir leite. Em alguma situação muito especial, onde a mãe tem alguma necessidade de ficar separada, devemos estimular a mama para manter a produção de leite, como a extração manual ou mecânica. E claro, com uma alimentação, hidratação e repouso adequado da nutriz.

O aleitamento materno é um momento mágico na vida de uma mãe, principalmente sendo ela de ‘primeira viagem’… Agora se imagine cheia de dúvidas e inseguranças: – Meu bebê vai ficar separado de mim? Eu vou ter leite? Será que ele vai sugar? Estas são  perguntas comuns para qualquer mãe, sem comentar em quem já sabe que seu baby será um ‘fissurado‘. Muitas destas respostas você vai ter já na instituição que escolheu para dar a luz ao seu bebê, e o importante disso tudo, é ter ao seu lado a família para apoiar e um profissional capacitado para orientar e acompanhar o aleitamento materno nos primeiros dias de vida do seu bebê.

Em alguns momentos por baixo peso, adaptação respiratória, prematuridade ou alguma intercorrência gestacional, o bebê pode ter a  necessidade de ser conduzido a UTI Neonatal para estabilização (no caso do Théo devido à leve prematuridade). Nesta situação que mãe e bebê precisam ser separados por um período, temos a necessidade de começar a estimular o aleitamento materno o mais precoce possível, com a extração manual ou mecânica (nos primeiros dias a Pri utilizou a extração mecânica com o vacuômetro ainda na internação hospitalar). Este leite extraído é conduzido ao bebê e oferecido através da sonda nasogástrica, até apresentar uma melhora no quadro clínico, adquirir um peso ideal ou semana gestacional adequada para ser conduzido com sucesso e segurança ao seio materno.

Janaína Castagnino Machado Lima | Coisas de Bebê

janainacmlima@pop.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>