Nossa primeira amiguinha – História da Isadora e da mamãe Carina

Hoje vamos estrear esse nosso espaço, mais fofo do mundo, contando a história da pequena Isadora. Ela nasceu com fenda unilateral no lábio, e ainda está se recuperando da cirurgia de correção… Mamãe Carina, estamos aqui na torcida para que dê tudo certo e que vocês tenham muita força para passar por tudo. Ah, a Isadora está uma princesa linda, uma delicadeza… nossa! Vamos à história então :)

Estava eu na ecografia de 20 semanas para saber o sexo do meu bebê. O médico perguntou ‘…com suspense ou sem?’ e eu logo respondi que queria sem suspense: ‘É uma menina’, eu fiquei muito feliz! Muito querido era o médico, que me mostrou os dedinhos, pernas, mãos, cabeça, barriguinha… tudo muito fofo! Ao término do exame, o Dr. largou os aparelhos de ecografia, sentado, com um impulso jogou-se para trás e olhando para mim falou ‘Tenho uma coisa pra falar pra vocês’. Eu estava deitada, por sorte, pois não senti minhas pernas, parece que fiquei anestesiada.

‘Ela tem fenda labial’, ele disse. Eu já sabia o que era isso, tinha visto uma vez um menino com fenda nos dois lados do lábio. Sei que o médico disse algumas coisas, que até hoje não lembro, simplesmente não ouvi mais nada. Saí da  sala de ecografias, e meu mundo desabou, comecei a chorar. E ao contrário de outras mães, passei a gravidez toda chorando.

Tinha dias que pensava ‘por que eu?’, ainda mais que trabalho com bebês recém nascidos. Meu psicológico ficou bastante abalado, mas tinha dias que pensava ‘Carina, existem coisas piores, é só fazer a cirurgia e vai ficar tudo bem…’. Pensava em como ela iria se alimentar ou se iria mamar no peito, e com essa ansiedade engordei 21 quilos. Se eu soubesse que seria tão fácil… Isadora mamou no peito até 4 horas antes da cirurgia. Foram 3 meses e 19 dias.

Pois bem, a cirurgia que achei que não seria tão ruim, foi horrível. Não poder amamentar durante 1 mês, para mim, e principalmente para ela, está sendo muito difícil. Cada hora da mamada, chega a me dar um pavor. Ela chora, tenho que  forçar, e chorando ela vai engolindo. Uso uma seringa com um pedaço de sonda… Tentei de várias maneiras, claro, sem o Dr. saber, mas todas sem sucesso.

O pós cirúrgico também foi muito estressante, quando acordou ela sentia muito dor, então chorou o dia inteiro e a noite. Nós, mães, tiramos forças não sei de onde. Eu tinha vontade de chorar também, porque estava cansada, com o peito duro de tanto leite, mas daí pensava ‘calma ela precisa de ti, força!’. E assim estamos indo, louca que passe esse mês, para introduzir novamente o peito, vai ser outra luta eu acho, mas não desisto. Sinto saudade daquele sorrisinho “rasgadinho”, como diz minha outra filha, mas ela ficou mais linda ainda!

Isadora, antes e agora.

Isadora, antes e agora.

8 Comments Nossa primeira amiguinha – História da Isadora e da mamãe Carina

  1. Margareth

    Carina! Sou tiavó do Théo…a luta da Pri é de toda a nossa família…com o que podemos,que é nosso apoio emocional.
    Sei da tua luta…mas vai passar…Fica firme ,felicidades a todos e muitos lindos sorrisos no rostinho da pequena Isadora!
    (*.*)Marga

    Reply
  2. Kátia

    Carina, logo, logo tudo volta ao normal. Tu vais ver, com tua força e tua fé, ela logo voltará a mamar. Esses “anjos” são “luz” em nossas vidas. Tua Isadora é uma fofa!

    Reply
  3. Silvana Brage

    Carina querida.
    A Isadora já era linda e ficou mais linda ainda. Foi uma benção de Deus colocar a Isadora na tua vida. Tu, que és uma pessoa tão dedicada com teus pacientesinhos, e´s muito meiga, a Isadora, com certeza terá uma ótima mãe. Fique com Deus, e lembre, ela não dá a “cruz” maior do que podemos carregar.

    Reply
  4. Leandro baum

    Ficou mais lindinha ainda essa gatinha .
    Olhem o nosso Théo….que guri lindo ..também nasceu assim .
    Mas a gente supera tudo ..DEUS NUNCA NOS DÀ UMA CRUZ QUE NÃO POSSAMOS CARREGAR ..Isso tudo é uma grande lição de vida ..bj

    Reply
  5. josiane

    Isadora nossa baixinha ela e linda e forte igual a mãe Carina parabéns a equipe médica ao amigos que estavam na torcida ela e muito especial para todos nós.

    Reply
  6. Carlos

    Parabéns a minha irmã e meu cunhado pela força e pelo carinho que sempre tiveram pela nossa Isadora. Tenho muito orgulho de vocês. Minha sobrinha, que já era linda, ficou mais linda ainda.

    Reply
  7. Helen

    Parabéns Carina. Esta fase não é fácil. Minha filha fez a cirurgia a 2 meses e também sofreu muito. Teve hemorragia e precisou ser reoperada no mesmo dia. Ficou muito inchada, com o rostinho roxo e rouquinha por ter sido entubada 2 vezes. Mas agora está ótima. No meio do temporal parece que ele não vai acabar nunca, mas rapidinho esta fase difícil vai passar. Concordo com vc: que dá uma saudadezinha do antigo sorriso isso dá!. Tudo de bom pra vcs. A Isadora ficou ainda mais linda.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>